MAPA DO SITE ACESSIBILIDADE ALTO CONTRASTE

Letras

Bacharelado em Letras - Tecnologias de Edição

CEFET-MG

Escritor Evaldo Balbino fala hoje sobre sua experiência editorial em atividade do GIECE e do curso de Letras

Quarta-feira, 23 de setembro de 2020
Última modificação: Quarta-feira, 23 de setembro de 2020

O poeta e escritor Evaldo Balbino é o palestrante convidado do Grupo Interdisciplinar de Estudos do Campo Editorial (GIECE) a participar do Webnário “Edição e Revisão de Texto Literário: Experiência do Escritor”, hoje (23 de setembro, quarta-feira), às 19h, quando conversará com os alunos do Curso de Letras sobre as suas experiências como escritor no campo da edição e da revisão do texto literário.

Idealizado no âmbito da disciplina Oficina de Edição e Revisão de Textos I, ministrada pela profa. Elaine Martins, o evento contará com a moderação da professora e com a apresentação do prof. Luiz Henrique Oliveira. O webnário será aberto a todos os alunos do Curso de Letras via transmissão ao vivo pela plataforma ConferenciaWeb – sala/convite. Haverá emissão de certificados de participação.

Sobre o palestrante:


Acervo pessoal

Evaldo Balbino (1976) é poeta e escritor. Nasceu em Resende Costa-MG, e vive desde 1995 em Belo Horizonte. É licenciado em Letras, mestre em Literatura Brasileira e doutor em Literatura Comparada pela UFMG, onde é professor de Português e pesquisador de literatura. Realizou Pós-doutorado na USP em 2017. É membro da Academia de Letras de São João del-Rei (ALSJDR. Tem crônicas, poemas, contos, artigos e ensaios de crítica literária publicados em antologias, suplementos literários, jornais e revistas acadêmicas. Assina, desde 2009, a coluna “Retalhos Literários” do Jornal das Lajes. Já recebeu 23 distinções literárias, destacando-se: 3º lugar no Prêmio Edital Estímulo às Artes do Suplemento Literário de Minas Gerais em parceria com a Fundação Clóvis Salgado em 2005 (com o livro de poesias Moinho); Prêmio Braskem da Academia de Letras da Bahia em 2012 (com o livro de contos Amores oblíquos); Troféu MG Cultura em 2013 (pelo conjunto da obra publicada até esse ano); 1º lugar no Prêmio Humberto de Campos do Concurso Internacional de Literatura da União Brasileira de Escritores em 2014 (com o livro de contos Amores oblíquos); 3º lugar no Prêmio Saraiva de Literatura em 2014 (com o romance Os fios de Ícaro); Menção Honrosa no Prêmio Stella Leonardos – Literatura Infantil – do Concurso Internacional de Literatura da União Brasileira de Escritores em 2019 (com o livro de poesias infantis ainda inédito Lições de cigarra). Obras publicadas: Moinho (2006 – poesia), Móbiles de areia (2012 – crônicas), Filhos da pedra (2012 – poesia), Amores oblíquos (2013 – contos), Os fios de Ícaro (2015 – romance), Apesar das coisas ásperas (2016 – crônicas), Fantasma de Joana d’Arc (2017 – poesia) e Inscrição no deserto (2020 – poesia).